Sapatos: uma obsessão feminina

As opções são muitas! Scarpin… Mocassim… Espadrille… Sapatilha… Rasteirinha… Loafer… Oxford… Anabela… Gladiador… e outros vários modelos… Não importa qual… O sapato é um dos grandes amores de quase todas as mulheres!

Exposição: Shoe Obsession (Obsessão Sapato)

Em Nova York, no Museu da Fashion Institute of Technology (FIT), de 08/02 à 13/04, acontece a Shoe Obsession, uma mostra de modelos de sapatos. Modelos de Manolo Blahnik, Christian Louboution, Chanel, Charlotter Olympia, Nicholas Kirkwood entre tantos outros, poderão ser vistos nessa exposição.

Nas fotos alguns casos de amor… Alguns bem excêntricos.

Prada

Masaya Kushino

Manolo Blahnik (modelo usado por Sarah Jessica Parker em “Sex and the City”)

 

Nicholas Kirkwood

Alexandre Birman

Christian Louboutin

Andreia Chaves

Aperlaï

Chanel (este modelo já foi usado por Madonna)

Roger Vivier

Para quem está de férias, vai viajar e é louca por sapatos fica a dica. http://fitnyc.edu/3452.asp

Quando começou esse amor? A história da obsessão…

Segundo o livro Moda, um curso prático e essencial, de Erika Stalder, a obsessão das mulheres por sapatos não é recente. Ela começou em meados do século XVI, quando a esposa do Henrique II, Catarina de Médice, começou a usar saltos altos (tradicionalmente usados apenas por homens) e, conseqüentemente, os transformou em uma mania entre as mulheres. Catarina amava como eles a faziam parecer mais magra e alta e definitivamente ela estava ligada em uma coisa: a estrutura de um salto alto dá à postura da mulher um efeito de maquiagem instantânea. Os seios ficam mais altos, as pernas parecem mais longas e o bumbum ganha uma levantada, resultados bem drásticos para apenas uma mudança de calçado.

Porque essa obsessão? Um caso de amor…

Segundo a Dra. Valerie Stelle, diretora do Museu da Fashion Institute of Technology (FIT), em Nova York, e autora do livro, Shoes: a lexicon of style (Calçados: um dicionário de estilo), os sapatos representam uma espécie de continuação do corpo físico e são capazes de dizer muito sobre personalidade, comportamento sexual e status social, “para as mulheres é o símbolo máximo da feminilidade”, completa.

Dica para os meninos…

Tenho certeza que as mulheres da sua vida (mãe, irmã, namorada e esposa) adoram ganhar presentes. Sapatos é uma ótima opção, normalmente o número não varia tanto, é padrozinado independente da marca, o que não acontece com os tamanhos das roupas.

Vamos ver alguns sapatos que andam tirando o fôlego de muitas mulheres… Vários modelos para vários estilos…

Sandálias… Rasteirinhas… A cara do verão

Baixo… Sapatilhas… Dia a dia….

Altos… Salto… Luxo & Glam….

Confissão do dia…

Confesso que faço parte do grupo da maioria das mulheres que são apaixonadas por sapatos, particularmente, quase não uso salto, meu amor maior são pelas sapatilhas, tenho vários modelos com cores e texturas diferentes, me apaixono por várias, todas as vezes que vejo uma vitrine… Mas meu grande desejo é ter um Louboution pra chamar de meu!!! rsrsrsrsrs…

 E vocês? Qual modelo mais gostam?

 Beijos e até sexta-feira que vem….

12 opiniões sobre “Sapatos: uma obsessão feminina

  • 1 de fevereiro de 2013 em 9:24
    Permalink

    Nossa!!! Amei as sapatilhas e as rasteiras,super combinam com nosso verão!!!
    Como sempre,vc arrasou!!
    Bjs

    Resposta
    • 1 de fevereiro de 2013 em 9:28
      Permalink

      Obrigada Josie! Bjos… 😀

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2013 em 9:40
    Permalink

    Como sempre arrasou!!! Mega curti as sandálias e rasteirinhas a cara do verão, as sapatilhas do dia a dia também um luxo!!! Confesso que quase não uso salto mas alguns que vi apaixonante, rsrsrs
    Bjo e o melhor sempre!!!

    Resposta
    • 1 de fevereiro de 2013 em 9:44
      Permalink

      Obrigada Sandrinha! Bjos… 😉

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2013 em 10:00
    Permalink

    Primeiro, te parabenizo pelo artigo ao abordar a questão histórica do início dessa paixão feminina. Na quarta-feira (30), no programa da Fátima Bernardes, ela falou um pouco sobre essa obsessão feminina. Segundo, gosto muito de salto. Não sou adepta de modelos extravagantes, mas, mesmo não tendo rs, gosto do estilo Louboution de ser. Confissão minha agora: detesto experimentar roupa, mesmo gostando de comprar. Mas calçados… outra história né… #adoro. Mais uma vez, parabéns!

    Resposta
    • 1 de fevereiro de 2013 em 10:11
      Permalink

      Obrigada Lidiane! Sapatos é uma paixão e não tem jeito… rsrsr… Bjos.. 😀

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2013 em 12:21
    Permalink

    Sapatilhas e rasteirinhas …AdorooOoOoo

    Resposta
  • 1 de fevereiro de 2013 em 17:54
    Permalink

    Como sempre JU trazendo o que (HÁ) no mundo fashion para deixar a mulher de GV antenada com modelos, tendências, criações e inovações. Opção para as mais singelas chegando até as mais exóticas. Parabéns Juliana Pio. Parabéns.

    Resposta
    • 1 de fevereiro de 2013 em 17:56
      Permalink

      Obrigada pelo carinho de sempre Miltim! Bjos… 😉

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2013 em 18:41
    Permalink

    Uma vez… (faz muito tempo isso…) eu critiquei uma ex-namorada por causa dessa loucura por sapatos… Falei que nem uma centopeia precisava de tantos pares… rsrs A resposta que obtive me fez compreender (um pouquinho) essa obsessão: Afinal, por que é que eu passo horas numa loja de discos (Lps, cds e dvds) olhando capa por capa (às vezes ouvindo trechos de cada música, nas lojas que permite ouvir)… Muitas vezes pesquisando na internet quais as “novidades” das gravadoras… E depois tenho que ir às lojas pra ver de perto (mesmo que acabe não comprando)… E por que é que faço tanta questão de ter o original, com a capinha, encarte, ficha técnica… se posso baixar tudo de graça na internet… Precisava disso tudo? (rsrs)

    Ou seja: Paixão é coisa que não se explica! Nem se justifica. Simplesmente, a gente tem paixão por uma coisa e quer ter aquele objeto que curte! Mesmo não precisando ou tendo outras “opções”!

    Parabéns, Juliana, pelo texto!!

    Resposta
    • 1 de fevereiro de 2013 em 21:08
      Permalink

      Marlos, obrigada! Com certeza o amor e o jeito centopeia de ser faz parte da vida de quase todas as mulheres, e paixão realmente não se explica! rsrsr… 😀

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *