Viagem: Começando a vida a dois nos paraísos da America do Sul!

Viagem lua de mel

A lua de mel é certamente um dos momentos mais incríveis da vida de um casal, e sempre me pedem sugestões de destinos para quem não quer viajar para muito longe. Saiba que a América do Sul tem várias alternativas para todos os gostos, não importa se a preferência é por praia, neve, natureza, cidade, gastronomia ou agito.

Só aqueles que já passaram pela experiência de casar, sabem o quanto esse evento é especial e inesquecível, mas ao mesmo tempo, cansativo. São meses, às vezes anos, de preparação, uma maratona que parece não ter fim. Uma verdadeira loucura desgastante que merece como recompensa uma lua de mel em um lugar maravilhoso e repleto de opções incríveis.

Na minha opinião, a lua de mel tem que ser uma viagem romântica, sem preocupações, apenas os dois curtindo, independente se estão em Paris, por exemplo, ou em uma pequena cidade em seu próprio País. O que vale é aproveitar e comemorar curtindo cada momento dessa união que se inicia.

Se você está planejando a sua lua de mel ou quer conhecer mais sobre alguns dos melhores destinos sul-América, não perca as três opções que apresentarei a seguir.

Fernando de Noronha

Na lista de destinos de lua de mel na América do Sul não poderia está completa sem incluir Fernando de Noronha.  Este arquipélago tem praias e paisagens de tirar o fôlego.
Noronha é o destino mais exclusivo do nosso país, e é na lua de mel que muitos casais tem a oportunidade de conhecer o arquipélago com as praias mais bonitas do Brasil. A melhor época do ano para encontrar um mar estilo piscina são os meses de setembro e outubro, quando, além do mar ficar mais calmo, a visibilidade para o mergulho é excelente. As melhores pousadas são mais caras, mas estão muito preparadas para agradar aos casais em lua de mel. É importante que os noivos entendam o que encontrarão na viagem, porque, apesar de ser um lugar inquestionavelmente lindo, a estrutura da vila é precária (devido à área de proteção), os preços são altos e o acesso às praias nem sempre é fácil.

Se você aprecia a natureza, com certeza essa será uma grande viagem. Mas quem quer encontrar lojas, ruas asfaltadas, shopping, precisa repensar sobre ir para Noronha.

Fernando-de-Noronha-

Gramado

 A cidade que mais faz sucesso no sul do país não poderia deixar de ser um destino para os casais em lua de mel.

Viajar para Gramado é sinônimo de viver experiências e apreciar sabores, para todos os gostos e idades. A região tem um roteiro especial para receber e encantar cada visitante.  O inverno é uma ótima época para quem quer curtir o frio e comer deliciosos fondues. Quem vai no verão, poderá ver a cidade florida e assistir o Natal Luz, que acontece em novembro e dezembro – é o espetáculo natalino mais famoso do Brasil-.

Para programas românticos não deixe de andar de pedalinho no Lago Negro e fazer jantares acompanhados com alguns dos melhores vinhos do Brasil, produzidos na própria região. A culinária de Gramado é espetacular e variada – carnes, galetos, massas e muito chocolate, que são o segredo da viagem, fora os pontos importantes de serem visitados, como:  Snow Land (terra do gelo, que é o 1° Parque de Neve das Américas), o museu de cera e o museu de carros antigos e esportivos – é sem sombra de dúvidas uma viagem encantadora, principalmente para lua de mel .

GRAMADO

gramado_portal

vilarejo-alpino-area

Cartagena, Colômbia

O casal, vai se encantar por esta cidade heroica e charmosa, banhada pelo mar do Caribe, que se chama Cartagena, na Colômbia. Um destino exótico, que oferece cenários e atrações para todos os gostos, onde é possível encontrar hotéis modernos e coloniais, praias com palmeiras lindas, muitas frutas pelas ruas, bares, cassinos. Sua atmosfera colonial conta com construções cheias de cor, praças antigas, restaurantes românticos e muita salsa.

 Caminhar pelas ruas históricas, com casa de mais de 400 anos, o cenário fica perfeito e romântico para um passeio de carruagem para conhecer a cidade histórica, ou passeios de lancha para ver o pôr do sol e após um jantar no Clube de Pesca localizado na baía de Cartagena, pode ser a escolha certa.

Cartagena

Cartagena-960-x-420

A América do Sul tem destinos lindos para visitar. Há destinos para todos os gostos. Listei 3 ideias de roteiros para inspirar sua viagem de lua de mel.

Espero que tenham gostado, se quiser saber mais detalhes sobre estes destinos terei o maior prazer em responde-los no e-mail [email protected] ou na Categoria Turismo.

Até mais!

Carlinhos Teixeira

Viagem: o Paraíso das Águas de Bonito!!

bonito

E hoje tem estreia especialíssima aqui no Blog! Vamos falar de turismo e quem dá a dica é meu amigo, o expert Carlos Teixeira, da Categoria Turismo. Olha só:

Estreando o primeiro post no blog da minha amiga Sinara Neves, estou muito feliz em compartilhar com vocês algumas dicas de viagens. Estamos aqui para inspirar, colaborar e ajudar. Tudo isso e mais um pouco para que a sua próxima viagem tenha informações completas!

Bonito 1

Muitas pessoas sempre me pedem sugestões de viagem com filhos e recentemente planejei uma viagem para Bonito/MS para dois casais de amigos e seus filhos: Aluízio, a esposa Elaine e os filhos Diego e Pedro; e  também o Casal Aurélio e Pupi com seu filho Eduardo. Tenho certeza que ficou na memoria deles para sempre e principalmente das  crianças, pela beleza natural e por tudo que viram e vivenciaram lá.  Bonito não está só entre os lugares mais bonitos do Brasil, mas também do mundo.   E é simplesmente o melhor destino para mergulho fluvial do País, fica na nascente cristalina do Rio Baía Bonita, que forma um Aquário natural. Você nada lado a lado com diversas espécies de peixes coloridos e é uma típica “viagem família”.

Bonito 4

Bonito 2

Então vamos às dicas ….

Como chegar: Antes, para se chegar em Bonito, somente era possível através de voos para Campo Grande/MS, mas hoje tanto a Azul quanto a Gol possuem voos semanais para Bonito/MS via Campinas.

Como se programar: o ideal é ficar na cidade pelo menos por 6 dias e é importante não esquecer de reservar todos os passeios com antecedência, pois as vagas são limitadas e, se deixar para a última hora fica, bem difícil conseguir. Lá os preços são tabelados e os serviços são ótimos.

Bonito 3

E meus amigos trouxeram algumas ótimas dicas de alimentação! No restaurante Casa do João comeram costela de pacu, bolinho de traíra e isca de pintado deliciosos. Tem também o Tapera Restaurante e o Taboa, este último com uma ótima musica ao vivo e maravilhosos tira gostos e pratos a la carte. Já para sobremesa, que  tal um sorvete da sorveteria Vício da Gula?

Vou citar aqui alguns passeios que você não pode deixar de fazer quando for a Bonito!

e9936a59fb4ca1842eb1426626f1bece

As crianças com a Anta GIGI, no Rio do Peixe: que bacana! Experiência impar!

208a1c3250b418a1cabf0122d988e92c

Cachoeira Boca do Onça

d4293b94e43ff1cb2f9c4a74d9c6314f

Gruta do Lago Azul – Cartão postal de Bonito com água cristalina

79ce691c14a4a077729001bb4c44b77a

Alimentando os Macacos no Rio do Peixe: as crianças em contato com a natureza não tem preço!

 

Todas as sextas-feiras estarei aqui. Se me perguntarem qual a melhor viagem? Para mim é sempre a próxima! Convido vocês a viajar comigo.

Fique ligado no nosso espaço e se você gostou desta matéria ou precisa de qualquer informação a respeito, estou a disposição através do e-mail: [email protected]

Pelas lentes da fotógrafa Ana Paula- Deserto do Atacama

Quando escolhi o Deserto do Atacama para meu destino de “férias”, já sabia o que ia encontrar. Poderia ter escolhido um lugar mais “glamouroso” (rs), mas meu lado aventureiro e contemplador gritou alto dentro de mim.

 Sabia que estava indo ao encontro de um deserto de paisagens lunares, rodeados por vulcões, com inversões térmicas bruscas. Há condições inevitáveis de se enfrentar lá: o nariz e a boca ressecam (hidratação aqui é a palavra chave), a pela fica áspera, os olhos ardem e o cabelo parece que nunca mais voltará ao normal (rs), nem com creolina; mas vale a pena 1000%,  não imagino um ser vivo morrer sem conhecer esse lugar (ok, exagerei rs).

 San Pedro é um povoadozinho de um pouco mais de 2000 habitantes – segundo o senso de 2002, habitam lá 1998 pessoas. Lugar simpático, sustentado pelo turismo do ano todo. Tudo muito simples, mas há serviços do supereconômico ao superluxuoso. Sim! Lá tem resorts rs. Claro que optei por um gasto mediano e que não deixou nadica a desejar.

 A escolha do hotel foi pelo melhor preço (dentro do estimado), e o principal: água quente e calefação à noite. Afinal, não sabíamos se nossas noites seriam gélidas como todas as informações que colhemos. Se você espera encontrar aqui a nossa famosa hospitalidade brasileira, lamento dizer que não encontrará. Aqui você encontra pessoas prontas pra te servir e só. Nada de gracinhas, nem um papinho, apenas trabalho. No geral o atendimento em tudo dou nota 7 (rs). Mas a comida é boa. Geralmente come-se bem e bebe-se também – nada estupidamente gelado, apenas menos que gelado rs. Os valores são mais salgados que a própria comida, mas também esperar o que de um lugar que está no meio do nada e para ser suprido tem que pagar a altura neh rs. Mas tudo aqui vale a pena. Depois de manhãs nos passeios chegar num restaurante e comer bem, não tem nada melhor.

 Bom, acho que já falei um pouco além da conta rs. Confiram algumas imagens. Acredito que nenhuma delas conseguirá mostrar nem de perto, o que é realmente o Atacama.

OBS: A escolha dos passeios foi feita buscando aproveitar ao máximo o tempo que tive. O passeio que eu mais gostaria de ter feito foi impedido por conta de um alerta amarelo do governo, pois o vulcão Lascar resolveu dar susto justamente nessa época rs. Portanto, o Salar de Uyuni ficará para uma próxima oportunidade.

Salar de Atacama

– Laguna Chaxa

Geysers del Tatio

– Margarita e cerveja local

San Pedro de Atacama

Valle Del Arcoíris

Laguna de Cejar